© 1984-2019 por Fred Di Giacomo, entre São Paulo e Berlim.

Newsgames

Jogos, 2009 - 2016

Newsgames são um formato inovador de jornalismo que se resume em jogos baseados em notícias. Eles usam o poder de simulação e imersão dos games para contar histórias de não-ficção e transmitir conhecimento. Começaram a ser produzidos por volta de 2003, ao redor do mundo, e eu fui um dos pioneiros no seu desenvolvimento e estudo no Brasil, a partir de 2007, quando trabalhava no site da revista Mundo Estranho.

O primeiro newsgame da revista Superinteressante foi "CSI: Ciência contra o Crime" desenvolvido pelo Núcleo Jovem Digital, na época coordenada pelo jornalista Rafael Kenski. A produção de jogos no Núcleo Jovem cresceu entre os anos 2009 e 2015 quando passei a liderar o Núcleo.

Entre os jogos da Super, os que atingiram maior repercussão foram Science Kombat e Filosofighters, que recebeu resenha elogiosa da PC Gamer inglesa, foi premiado como "Melhor uso de redes sociais" no Prêmio Abril de Jornalismo, foi finalista da categoria "jogo online" no BIG (Brazilian International Game) e também foi incluído na _docubase do MIT. Nesse ano, eu fui premiado como um dos funcionários do ano da editora Abril e ganhei uma viagem para Nova York.

Através do meu trabalho com jogos jornalísticos, reportei a participação dos pracinhas brasileiros na Segunda Guerra Mundial, as estratégias dos alemães orientais para tentar escapar do Muro de Berlim e as formas como as máfias globalizadas faziam negócios ao redor do mundo.

Meu trabalho com jogos jornalísticos foi selecionado para o FILE (Festival Internacional da Linguagem Eletrônica) 2011 e foi destaque em artigos do "Nieman Lab" de Harvard, no site do Kinght Center, na Universidade do Texas, na Vice Americana e no jornal El País espanhol, entre outros. Ele também virou tema de estudos acadêmicos internacionais. O jogo "ApocalipCity", desenvolvido para Facebook em 2012,  também foi finalista do Prêmio Abril de Jornalismo.

Todos esses trabalhos foram produzidos, claro, com uma imensa equipe transdisciplinar que incluía designers (como Fabiane Zambon, Daniel Apolinário e Jujuqui), jornalistas (como Otavio Cohen, Fabiano Onça e Karin Hueck), artistas (como Alisson Lima, Diego Sanches e Raoni Madalena) e desenvolvedores (como Gil Beyruth e Douglas Kawazu). Eu desempenhei uma série de papéis nesses jogos: roteirista, criador, editor, coordenador, repórter e game designer. 

  • Science Kombat, Superinteressante, 2016

  • Pule o Muro, Galileu, 2014

  • ApocalipCity, Superinteresante/Facebook, 2012

  • QuizzCity, Superinteressante/Facebook, 2012

  • Filosofighters, Superinteressante, 2011

  • Jogo da Intuição, Superinteressante, 2011

  • A cobra vai fumar: o Brasil na Segunda Guerra Mundial, Superinteressante, 2009

  • Jogo da Máfia, Superinteressante, 2009

  • Os Mortos de Lost, Superinteressante, 2009

  • Guia do Estudante das Galáxias, Guia do Estudante, 2009

  • StripQuizz, Mundo Estranho, 2007

  • Ícone do Pinterest Preto
  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto